Todos os posts de luhblack

Atividade sobre Fanfictions com o segundo período de Biblioteconomia!

No dia 06 de novembro, a aluna Luiza Simões organizou uma conversa sobre fanfictions, a ficção do fã, para a turma do segundo período de Biblioteconomia.

1465378_618530708210208_943192047_n

A turma discutiu sobre o que é de de onde veio o termo Fanfiction e como ela se propagou e popularizou. A conversa foi aberta e interativa entre os alunos e o professor, Cesar Viana.

551350_618531281543484_1534354729_n

1002014_618530984876847_1681725682_n

Como encerramento, foi organizada uma pequena atividade com os alunos. Escolhido um gênero, uma situação e dois alunos ali presentes, a turma criou uma pequena fanfic, que segue abaixo:

Dia Chuvoso

Luiz e Ana Paula estavam no corredor da Facomb, comprando café para tentar cumprir mais uma manhã de aula. Luiz repara que a camisa de Ana Paula é branca, e está encharcada, mas disfarça para que ela não perceba. Sem jeito, ofereceu casaco pra ela, que aceitou vermelha.

Ambos começaram a tomar seus cafés, se esquentando.

– Tá frio, né? – Luiza fala.

– Pois é…

– Vai pra aula agora?

– Acho que sim. Preciso tirar uma Xerox.

– Vamos na Xerox da Química. La e barato.

Quando chegaram, estava deserto. Luiz resolveu deixar a copia pra mais tarde, e a prensando na parede, disse:

– E melhor tirar a camiseta. Vai ficar gripada assim.

– E verdade… – ela ofegou – Só preciso que… – ele se desaproximou e ela tirou a camisa. Luiz reparou que ela estava arrepiada, e a abraçou.

– Sabe… calor humano e tals.

– Sim… – Eles se encararam por um momento e se beijaram. Ela tentou falar algo, mas Luiz não deixou, não separou seus lábios do dela. Não queria ou iria soltá-la.

Ela envolveu seus braços no pescoço de Luiz e permitiu que o que acontecia ali continuasse.

– Você… quer ir…? – Eles ouviram alguém se aproximar. Era Maylda.

– O que!? – Ela os encarou, chocada – Como assim!? Por que não me chamaram!? Traidores!

Ela sair pisando forte e bufando. Luiz e Ana Paula se encararam e voltaram ao que estavam fazendo.

Por Luiza Simões e Turma

Fanfictions – Por onde começar?

Esse post vai dar dicas de como se escrever um fanfic, um história criada por um fã. Para um iniciante, elas devem ser muito bem vindas!

Depois de escolher seu fandom e ter o enredo em mente, sugiro o seguinte:

– A história não precisa ter sentido , como por exemplo, duas irmãs q se odeiam passam a ser melhores amigas uma da outra.

-Ter bastante transparência no que cada personagem representa na fanfic, se ele tem um traço bastante marcante e que a sociedade ainda tem tabus a seguir, demostre-o com bastante claridade.

– Divida-a em capítulos.

– Siga corretamente o gênero da sua fanfic, se você fez a escolha de um gênero não o misture com qualquer outro tipo.

– Leve com bastante seriedade as séries e os personagens, sem palavras que podem levar para o lado de crítica destrutiva.

-Não fale por alto certos detalhes da história, como por exemplo, contar um fato. Também não tem a necessidade desse fato ter 5 linhas especificando-o. Conte-o como aconteceu sem dar poucos detalhes mas também sem exagerar.

– Todos os personagens tem q terem nomes diferentes e o proprio escritor também.

Agora é só começar e adquirir experiencia!

 

Por Mayra Karolinne

Fanfics – De todo tipo e gênero

Fanfiction2

As fanfictions são divididas em vários gêneros e subgêneros. Esses são os mais conhecidos, fora os comuns, como aventura, suspense, romance e drama:

– Hentai ou NC: são contos mais “quentes”.

Cross Over: Dois ou mais mundos diferentes que se encontram na fanfic. ex: Shakira e Harry Potter.

Darkfic: fanfics que tem tendência a coisas sombrias, depressivas, proximas ao horro.

Deathfic: fanfics onde há varias mortes, inclusive do protagonista.

Drabble: fanfics com no máximo 100 palavras.

-Fanon: popularização da fanfic que o foco da história se tornou comum.

Lemon: sexo explícito entre dois homens.

-OOC(ount of context – Fora do contexto): Fanfics onde a personalidade dos personagens é alterada da história original.

Orange: sexo explícito entre mulheres.

PWP: valorização do sexo, deixando de dar ênfase ao foco da história.

-LongFics: são fics com longo enredo, pode chegar a ser temporada ou a ter mais de 20 capítulos.

Self Inserction: Quando o autor da fanfic interage com os personagens.

Dark Lemon/Orange: cenas explícitas de sexo com violência entre homossexuais.

Entre outros tipos de fanfics, para mais, acesse:http://pt.wikipedia.org/wiki/Fanfic

Por Mayra Karolinne.

Fanfictions – O que é isso!?

fanfics

Fanfic vem do termo inglês “fanfiction”. É uma abreviação, traduzida quer dizer: “ficção criada por fãs.

Fanfictions são histórias criadas a partir de histórias, series, quadrinhos ou bandas já existentes. Isso mesmo, um grande exemplo disso, são séries de animes ou livros como Harry Potter, Crepúsculo, entre outros. As fanfics tem enredos ou cenas criadas a partir destas histórias. As vezes pode ter um mesmo personagem com características diferentes, ou o final contrário daquele descrito na ficção.

Ficou claro?! Então, aquela mesma história que se tornou popular passou a ter um contexto diferenciado da original criada pelo universo dos fãs.

Um tipo de fanfic é a fanfictioninterativa. A fanfic interativa é dada com a participação da própria pessoa dentro do enredo. Como? Ao abrir o link da fanfic, são feitas perguntas de personalidade, gostos e modos do leitor. De repente você mesmo está participando da história. Essa é a interatividade das fanfics interativas.

Existem alguns termos muito usados no mundo dos fandons, estes são alguns deles:

Fannon: algo que não é criado pelo autor;

Canon: aquilo que é verídico, que o autor mostra na história;

Ships: casal da história;

Shipper: são fans que apoiam determinado casal;

Beta: quem “corrige” as fanfics;

Ficwriters: escritores.

Entre outros, que serão mais explorados em outros posts.

O objetivo ao publicar uma fanfic ocorre quando fans de seriados, filmes, ou livros postam ficções criadas por eles. De certo modo, acabam participando da história, acrescentando algo que gostariam que fosse escrito ou falado, e as vezes até modificando algum personagem. O universo das fanfics constitui um mundo para os fãs. Ele permite que cada escritor deixe transparecer sua essência, canalizando pela escrita suas emoções e experiências intimas.

Fanfiction – Como a brincadeira “começou”

No final da década de 1960 e 1970, duas séries televisivas explodiram, criando legiões de fãs. Star Trek e Star Wars, séries de ficção científica, ficaram mundialmente famosas com seus enredos bem construídos e personagens carismáticos. Logo, apenas os filmes não eram mais o bastante para saciar os fãs, e eles mesmos começaram a criar histórias baseadas nessas séries. Foi nessa época que as Fanfictions surgiram com a essência que conhecemos hoje.

starwars-capa

Fanfiction(apelidada de fanfic ou fic) significa “Ficção do Fã”, e é basicamente quando um fã cria uma história baseada na sua serie preferida, sem visar fins lucrativos. Ele cria uma cena que gostaria que tivesse acontecido, muda algo que não gostou ou tenta prever o final de uma saga.

Nessa época, a comunicação não era tão fácil quanto hoje. Os fãs dependiam de Convenções e encontros para mostrar suas criações para outros fãs, limitando muito o compartilhamento das fanfictions. Quando a internet começou a se popularizar, na década de 1990, esse contato ficou muito mais fácil através das trocas de e-mail. Já nos anos 2000, o uso de redes sociais facilitou e começou a popularizar as fanfictions.image_preview

O Orkut foi o principal repercusso das fanfictions no Brasil. Acessado por milhares de pessoas todos os dias, era comum encontrar fanfictions em comunidades, e até mesmo comunidades exclusivas para postagem de fanfictions. Ali, qualquer um podia ler a fanfic e comentar sua opinião, levando a interação entre o autor e o leitor das fanfics. Não demorou para que fossem criados sites exclusivos para fanfictions, como o Floreios&Borrões, site de fanfics de Harry Potter, e o Nyah!Fanfiction, o maior site de fanfics do Brasil.

Redes-sociais

Hoje é difícil saber quantos sites brasileiros exclusivos para postagem de fanfics existem, visto a popularização delas na interner, que só está crescendo.

header_nyah_logo 

f9dd72a1029f0f6d8de95b0748b0c500

logo

Fandom – A Cultura do fã

Por Luiza Simões

Hoje em dia é normal você ser muito fã de algo, seja uma banda, um filme, um livro, um quadrinho ou um desenho. Você se senta e conversa com os amigos sobre o último episódio de uma série televisiva que adoram, o último livro lançado da série que gostam muito ou a última música da sua banda preferida. Isso tanto é comum como tem acontecido cada vez mais.

bastila_shan__jedi___imperials___star_wars_cosplay_by_magsul-d66tknointernational-star-wars-fan-group

Chamamos essa interação entre pessoas que gostam de uma mesma série, essa interação entre fãs, de “Fandom”: um grupo de fãs de algo, independente do que, e que muitas vezes até ganham um nome. Por exemplo, os fãs de Harry Potter são chamados(e se chamam) de Potterheads. Os fãs de Crepúsculo se chamam de Tiwilighard, os fãs de Justin Bieber Beliebers e por ai vai. É normal que cada Fandom, cada grupo de fãs, tenha um nome, normalmente dado por eles mesmo.

IMAX+Harry+Potter+Fans+Celebrate+Release+Harry+NcuO6LAXcoOl

A palavra Fandon é inglesa, e é uma contração de Fan Kingdom, ou seja, Reino do Fã. A interação entre fãs acontece na troca de experiencias e produções próprias baseadas na série que gostam. Por exemplo, vamos supor que você é um Potterhead, um fã de Harry Potter, e tem habilidades artísticas para desenho. Então você faz uma Fanart, uma Arte do Fã, e mostra para seus amigos Potterheads.

it__s_not_really_goodbye_by_viria13-d4dosse

Ou então se gosta de edições de vídeo, e pega várias cenas aleatórias dos filmes de Harry Potter e cria um vídeo, um FanVideo, e o publica na internet.

Se você gosta de ler e escrever, sempre tem a opção das Fanfictions, a Ficção do Fã, quando um fã e cria uma história baseada na sua série/quadrinho/banda preferida e a compartilha com outras pessoas do mesmo fandom.

As opções são variadas, e sempre envolvem um universo diferente do nosso, um universo ficcional. É normal acontecerem encontros baseados em alguma serie popular, onde os fãs debatem sobre os últimos acontecimentos, compartilham novas informações e até participam de brincadeiras baseadas na série em questão.

Fanfictions

Fanfic vem do termo inglês “fanfiction”. É uma abreviação, traduzida quer dizer: “ficção criada por fãs.

Fanfictions são histórias criadas a partir de histórias, series, quadrinhos ou bandas já existentes. Isso mesmo, um grande exemplo disso, são séries de animes ou livros como Harry Potter, Crepúsculo, entre outros. As fanfics tem enredos ou cenas criadas a partir destas histórias. As vezes pode ter um mesmo personagem com características diferentes, ou o final contrário daquele descrito na ficção.

Ficou claro?! Então, aquela mesma história que se tornou popular passou a ter um contexto diferenciado da original criada pelo universo dos fãs.

Um tipo de fanfic é a fanfiction Interativa. A fanfic interativa é dada com a participação da própria pessoa dentro do enredo. Como? Ao abrir o link da fanfic, são feitas perguntas de personalidade, gostos e modos do leitor. De repente você mesmo está participando da história. Essa é a interatividade das fanfics interativas.

O objetivo ao publicar uma fanfic ocorre quando fans de seriados, filmes, ou livros postam ficções criadas por eles. De certo modo, acabam participando da história, acrescentando algo que gostariam que fosse escrito ou falado, e as vezes até modificando algum personagem. O universo das fanfics constitui um mundo para os fãs. Ele permite que cada escritor deixe transparecer sua essência, canalizando pela escrita suas emoções e experiências intimas.

Estes são alguns termos usados no universo dos fandons, muito usados para classificar fanfics:

Fannon: algo que não é criado pelo autor;

Canon: aquilo que é verídico, que o autor mostra na história;

Ships: casal da história;

Shipper: são fans que apoiam determinado casal;

Beta: quem “corrige” as fanfics;

Ficwriters: escritores.

Entre outros, que serão mais explorados em outros posts.

Por Mayra Karolinne

Fandom

A palavra Fandom é uma contração de “Fan Kingdom”, ou seja, “Reino do Fã”. Mas o que seria o Fandom?

Vou usar como exemplo a serie Crepúsculo, que conquistou leitores assíduos e não leitores.

Você leu Crepúsculo, todos os 4 livros e assistiu todos os 5 filmes, e ainda leu o livro extra(A breve segunda vida de Bree Tanner) e gostou muito. Isso te faz fã da serie. Depois, você procurou imagens, montagens e desenhos da serie. Esses desenhos, chamados de Fanart, foram feitos por outros fã, dai vem o nome “Fanart”, “Arte do Fã”.

Eis um exemplo, uma Fanart da Bela e do Edward:

Twilight_fan_art_by_Anne_Marie

Não satisfeito, você procurou “Fanvideos” no youtube, aqueles que mostram alguma cenas dos filmes cuidadosamente selecionadas, enquanto toca a música de algum artista famoso. Tipo esse video ai:

E ainda com muita vontade de explorar mais o universo de Crepúsculo, você procura as chamadas “Fanfictions”, “Ficção do Fan”, carinhosamente chamadas de “Fanfics” ou simplesmente “Fics”.

http://fanfiction.com.br/historia/380461/Impossivel/

Se tem alguma cena que você acha que deveria ter existido, ou que deveria ter sido mais explorada, que você gostaria de ver pelo ponto de vista de outro personagem, escreva uma Fanfic. Se não gostou de um casal, acha que a Bela devia ficar com o Jacob e não com o Edward, escreva uma Fanfic. Se não souber escrever, existem milhares de fanfics sobre esses temas e vários outros.

Existem vários sites feitos para postagem e leitura de Fanfics, mas falaremos deles em outros posts.

O Fandom é isso. Toda a criação de fãs de determinada serie, desenho, livro e até banda, sem fins lucrativos, visando explorar mais e mais o universo da sua serie preferida.

E ai, a que fandom você pertence?

Por Luiza Simões